Você sabia que os transtornos mentais são a 4ª causa que mais afasta pessoas do trabalho no Brasil?

Neste texto irei ajudar a identificar quais são esses transtornos e quais os principais sintomas. Pode ser que você se identifique com muitos desses sintomas, mas vale lembrar: o que determina o diagnóstico da maioria deles é a intensidade e a periodicidade que ocorrem no dia-a-dia de cada um.

transtornos mentais

Os transtornos do humor possuem como principal sintoma alterações no humor ou afeto, apresentam episódios ora de euforia, ora de depressão, e influenciam toda a vida do sujeito. Os mais populares são o transtorno bipolar ou a depressão.

Principais sintomas da Bipolaridade e Depressão

Na Bipolaridade ocorrem alterações súbitas e intensas de humor, sendo duas fases a mania e a depressiva:

Fase da mania, pode durar alguns dias, ou até meses

  • Humor eufórico e irritável
  • Aumento de energia e atividades
  • Agitação e irritação
  • Autoestima alta
  • Diminui necessidade de sono
  • Compulsão alimentar e por compras
  • Pensamentos confusos, sem discernimento
  • Baixa concentração, distração

Fase depressiva – sintomas da Depressão

  • Necessidade de maior esforço para fazer as coisas
  • Sensação de corpo pesado ou pressão no peito
  • Tensão nos ombros e pescoço, dores de cabeça
  • Perda de prazer nas atividades e perda da libido
  • Falta de sentido na vida
  • Sensação de: inutilidade, fracasso, doença, morte
  • Medo e sensações de insegurança, vazio, desespero e desamparo
  • Visão negativa da realidade, pessimismo
  • Falta de concentração, raciocínio lento
  • Perda ou aumento de peso
  • Insônia ou aumento do sono
  • Alterações no trato digestivo

A depressão pode ser diagnosticada em casos de bipolaridade quando a pessoa ainda não apresentou episódios de mania. O cuidado, avaliação e acompanhamento médico e psicológico é importante em ambos os casos.

transtornos do humor

Os transtornos neuróticos estão relacionados ao estresse e a intensidade da dificuldade ao lidar com problemas externos, ou seja do meio ambiente. Dentre os principais transtornos neuróticos estão as fobias (medos) e o transtorno ansioso e pânico, veja os principais sintomas da ansiedade aqui.

Principais sintomas da Síndrome do Pânico

O ataque de pânico começa de repente e atinge seu ápice  dentro de 10 a 20 minutos, alguns sintomas podem continuar por uma hora ou mais. Pode ser confundido com ataque cardíaco. Podem incluir ansiedade por estar em uma situação da qual é difícil escapar (como estar no meio de uma multidão ou viajando em um carro ou avião).

Durante um ataque de pânico as pessoas tem pelo menos 4 dos seguintes sintomas:

  • Palpitações ou taquicardia
  • Sensação de falta de ar e, ou engasgar
  • Dores no peito ou desconforto
  • Tremores no corpo
  • Suor, calafrios ou ondas de calor
  • Insegurança
  • Dormência ou formigamento nos pés, mãos ou rosto
  • Medo de morrer, perder o controle ou de uma tragédia iminente
  • Sensação de estar fora da realidade
  • Tontura ou desmaio
  • Náusea ou mal estar estomacal

Principais sintomas de Fobias

As fobias podem estar relacionadas a medos de exposições sociais, ambientes diferentes da própria casa, como lojas ou multidões e medos específicos, como de alguns bichos, ver sangue, altura, etc.

Listo os sintomas das fobias em geral:

  • Sensação de pânico incontrolável em situação de pouco ou nenhum perigo real
  • Evitar determinadas situações de perigo irreal
  • Incapacidade de controlar o medo mesmo sabendo ser irreal
  • Sentimento de pavor, terror
  • Necessidade irracional de fuga
  • Alguns sintomas de ansiedade
  • Aversão e repulsa

fobias e pânico

Outros transtornos mentais e comportamentais podem estar relacionados a: uso de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas que alteram a função cerebral mudando a consciência, o humor e o comportamento; transtornos orgânicos como Alzheimer e Parkinson que causam demência; esquizofrenia e transtornos delirantes, nos quais a pessoa perde a percepção da realidade.

Esses transtornos são imprescindíveis de acompanhamento médico e psicológico, pois podem ser previstas evoluções sobre cada caso.

Normalidade x Transtornos Mentais

Freud já dizia, todos somos neuróticos, ele queria encontrar a cura, porém sabemos que a cura e a perfeição humana não existem, apesar de muitos buscarem essa perfeição.

A avaliação da normalidade e anormalidade ocorre, mediante a média da conduta de um grupo de indivíduos semelhantes observados em uma mesma situação ambiental. Então o anormal seria aquele muito abaixo ou acima da média, ou seja, o que não se ajusta à regra.

A classificação dos transtornos mentais está de acordo com condições específicas e pessoais em relação, a si mesmo, à família, aos demais e ao ambiente. Sendo assim, em termos psicológico, os transtornos mentais estão dentro do que é patológico e foge a regra da considerada normalidade.

Por isso, é importante frisar que as determinações de tais transtornos são amplas e preenchem um quadro de comportamentos e sensações. Precisam de uma observação minuciosa e cuidadosa sobre cada caso.

cuidar de si mesmo

Superar e Prevenir Transtornos Mentais

Independente do diagnóstico clínico, todos deveríamos cuidar de nós mesmos, do próprio corpo, da mente e do espírito. A vida não precisa ser pesada ou difícil, ela pode ser leve, livre e vivida sem medos.

Ter uma vida saudável, praticar exercício físico regularmente, manter uma alimentação baseada em nutrir o corpo, cuidar da mente e do espírito é tão eficaz quanto o uso de antidepressivos, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Até o próximo texto!

пай перубратьрекламиликак заказать с таобаочто такое seo страницыфурнитура купитьаналитика яндекс метрикиПавелко искусственные поля