Baleia Azul – o Jogo

A Baleia Azul é o jogo que teve grande repercussão recentemente, alarmou a polícia e autoridades no sentido de reverem projetos de leis e punições para aqueles que incentivam o suicídio.

Para explicar basicamente, o jogo consiste em realizar 50 tarefas dentre as quais estão automutilação, assistir filmes de terror de madrugada, postar fotos de baleia nas redes sociais e a final é o ato do suicídio. Teve início na Rússia os primeiros casos de suicídio de jovens envolvidos com o jogo. O jogo é composto por 2 grupos de jovens: os jogadores que cumprem os desafios e os “curadores”, os quais convidam as pessoas e enviam as tarefas, além de ameaçar se o jogador não quiser participar ou não concluir os desafios.

Os jovens que entram no jogo já sofrem de alguma patologia mental, seja a depressão ou a psicopatia e ambos precisam de acompanhamento psicológico e psiquiátrico.

Patologias Envolvidas – Suicídio e Depressão

O suicídio e a depressão são patologias que devem ser tratadas como parte das políticas públicas na sociedade, já passou do tempo de revermos o preconceito diante das patologias mentais. Não é frescura, o sofrimento é real e a morte é vista como única solução para acabar com a dor, o jogo incentiva o suicídio diminuindo os medos diante do ato e faz o jovem se sentir parte de algo, porém encerrar com a vida não é a solução, quem deseja isso para o outro é perverso.

Diante de uma sociedade que valoriza a malandragem e quem sabe tirar vantagem da vulnerabilidade do outro, acredito que estamos valorizando a psicopatia em seus diversos níveis, ou seja, aquele que tem ausência de sentimentos diante dos outros, manipula as pessoas para se beneficiar sem se importar com os danos causados. Aqueles que não conseguem isso, sofrem com sua vulnerabilidade e estão mais suscetíveis a serem submetidos as manipulações dos perversos.

A depressão é uma patologia que deve ser discutida e tratada, não é frescura, não deve ser vista como fraqueza diante dos fortes, olhar para depressão dessa forma é ser perverso com quem sofre. Os jovens que entram no jogo já sofriam antes, precisam de acompanhamento e cuidados profissionais, os pais devem estar atentos as necessidades básicas de seus filhos e a escola deve informar e orientar o jovem a quando e como procurar ajuda.

O suicídio ocorre quando o ego não deu conta da dor sentida e a forma de encerrar a dor é causando danos ao corpo, é a perda total de esperanças e fé na vida. Se uma pessoa comete suicídio afeta várias outras a sua volta e nos questionamos o que aconteceu, então precisamos abrir espaços para falar sobre isso. Escrever aqui foi a forma que encontrei de trazer um pouco de informação e esperança para as pessoas, a vida é para ser vivida.

⇒ Se quiser se informar sobre as patologias mentais clique aqui e acesse meu E-book “Na estrada da vida”, onde descrevo, informo e oriento sobre as diferentes patologias mentais.

⇒ Acesse aqui para ver como exercitar o corpo pode ajudar os jovens em depressão.

Outros links do site sobre depressão e suicídio:

Abraços de esperança,

Vanessa Ganzerli

payperprofits форумбеtophôtel de voyageвиза в австрию wordмакияж губ растушеванныйклассические туфли лодочки на низком каблуке