Os sintomas da ansiedade podem estar presentes em todas as pessoas. Isso pode ajudar em alguns momentos a ficar mais alerta e a ter reações rápidas, mas se a ansiedade ocorre de forma frequente ela impede a pessoa de relaxar, além de atrapalhar o sono, prejudica a saúde física e mental.

Normalmente a ansiedade aparece quando algo está para acontecer e criamos muitas expectativas sobre a forma como as coisas podem acontecer. Percebemos então aqueles sintomas básicos dos batimentos cardíacos acelerados, muitos pensamentos e rápidos, respiração diminuída com sensação de falta de ar, suor nas mãos, tensões e dores de estômago ou na região abdominal.

Sendo assim, para poder ajudar meus clientes e as pessoas que estão lendo este texto, irei dar 5 dicas para aliviar ansiedade:

5 dicas para aliviar ansiedade

1. Fazer exercícios físico

ansiedade

Quando ansioso, os pensamentos ficam acelerados, então a cabeça trabalha demais e ficamos mentalmente cansados. Para que a alta intensidade dos pensamentos não prejudique o descanso e até mesmo o sono, é preciso cansar o corpo, caso contrário os pensamentos não diminuem. Então fazer exercícios agradáveis que gerem suor, liberam hormônios que aumentam a sensação de prazer o que ameniza os sintomas da ansiedade.

2. Reavaliar as expectativas e viver o presente

Quando estamos esperando que algo aconteça e criamos expectativas diante disso, muitas vezes essas expectativas são irreais e não estão de acordo com o momento presente em que vivemos. Pode até ser que nada aconteça, mas nós já estamos sofrendo com pensamentos catastróficos diante de alguma situação. Muitas vezes sentimos medo de coisas que podem acontecer e que na maioria das vezes depois que aquilo passa percebemos que não foi tão ruim como imaginávamos.

Refletir sobre o momento presente em que se está vivendo e diante desta realidade, avaliar o que realmente pode ou não ocorrer como resultado e perceber que não será o fim do mundo se algo ruim acontecer. Diferenciar as expectativas reais das irreais, ou seja, as possíveis de acontecer de acordo com o momento atual e as que são dramatizadas e, ou, aumentadas pelo medo do que pode acontecer. Essa reavaliação ameniza a ansiedade e passamos a vivenciar o presente.

3. Respirar profundamente

Esta dica pode parecer inútil para quem é ansioso, mas ela é valiosa e pode acreditar que funciona.

Respirar profundamente, inspirando o ar pelo nariz, expandindo o abdômen e soltando o ar pela boca, reduz as reações do sistema nervoso autônomo. Isso possibilita o relaxamento do corpo, diminui as tensões musculares e aumenta a clareza dos pensamentos. Se isto é feito regularmente mesmo sem estar ansioso, nos momentos de mais tensão e ansiedade o organismo se adapta mais rápido e consegue regular a respiração automaticamente. Fazendo isso as sensações de aceleração de batimentos cardíacos, suores, tremores e falta de ar são amenizadas e a clareza dos pensamentos ajuda a baixar as expectativas.

ansiedade

4. Reduzir o estresse diário

Pessoas que são ansiosas ficam estressadas com mais facilidade. Então tudo o que gera uma mudança ou desequilíbrio em seu dia-a-dia pode ser um fator estressante. Saber que não temos controle sobre tudo o tempo todo pode amenizar o estresse, mas como é difícil pensar assim sempre devemos lidar com a quantidade de estresse suportada por cada um. Para diminuir o estresse diário é recomendado buscar formas de relaxamento, que podem ser acupuntura, massagem, meditação, entre outras. Ver qual a melhor forma de relaxamento, qual a pessoa se identifica mais para conseguir relaxar diariamente, diminui as preocupações que geram estresse diário e ameniza os sintomas da ansiedade.

5. Identificar as reações físicas e mentais que geram ansiedade

Esta dica você pode identificar melhor neste artigo: Sintomas da Ansiedade. Perceber como seu corpo reage quando está ansioso, como notar que a respiração fica diminuída, sentir palpitações no peito, suores, tremores, tensões, pensamentos acelerados, entre outros sintomas. Cada pessoa pode perceber mais intensamente um ou outro sintoma e isso é particular. Mas a partir do momento que a pessoa para e percebe que está ansiosa já um grande passo para poder lidar melhor com o que acontece em sua vida.

Essas são as dicas para lidar com a ansiedade, se mesmo fazendo isso você continuar sentindo muito intensamente os sintomas talvez seja o momento de procurar ajuda psicológica.

Saiba mais sobre como funciona o tratamento de ansiedade.

*Este material não substitui o trabalho de uma psicóloga.
Agende uma conversa.

LSIцелевыелучшиесоздать robots txtпрофилактика кариесапаркетная доска массивсекреты заработка